HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 98525-4063
 


 
 




 

A Importância da Laserterapia na Micropigmentação - Dra Priscila Medeiros



 



A Importância da Laserterapia na Micropigmentação
 Dra. Priscila Medeiros
 
 
A micropigmentação é um procedimento estético que disfarça imperfeições, realça os traços da face restaurando a autoestima e valorizando a expressão do rosto.
A técnica de micropigmentação consiste na implantação de pigmentos na camada epidérmica da pele. O procedimento é realizado com um aparelho chamado dermógrafo, com uso de agulhas apropriadas. A duração média de um trabalho de micropigmentação dura cerca de 12 a 18 meses. Após esse período o próprio organismo tende a eliminar o pigmento inserido de forma natural por isso a importância do retoque para intensificar a cor.
Na micropigmentação o pigmento é depositado na camada epidérmica da pele. São utilizados pigmentos inorgânicos caracterizados por opacidade elevada, alto poder de cobertura e facilidade de uso. Na tatuagem o pigmento é depositado na camada dérmica da pele. São utilizados pigmentos orgânicos caracterizados por efeito brilhante e tecido com espessura.
O Laser (cuja sigla em inglês significa Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, ou seja : Amplificação da Luz por emissão estimulada de radiação) possui  luz monocromática (comprimento de onda bem definido), coerente ( todas as ondas dos fótons que compõe um feixe estão em fase) e colinada ( propaga-se como um feixe de ondas praticamente paralelos).
O uso do laser de baixa potência (HeNe) na micropigmentação tem ação analgésica, antiinflamatória, controla a cicatrização, promove reparação tecidual além de aumentar a absorção do pigmento.
A dosagem do laser varia de 3 a 6 joules/cm² com a caneta posicionada perpendicularmente no ângulo de 90° e a aplicação deverá ser pontual de 1  a 2 cm² de distância.
Associar o uso do laser vermelho ao infravermelho tem melhorado muito as respostas cicatriciais. O laser infravermelho diminui a dor, aumenta a absorção do anestésico e diminui o sangramento. O laser vermelho tem indicação para os processos que necessitem de cicatrização e reparação tecidual.
Ao usar o laser na cicatrização a perda de pigmento é somente de 10% .
Sugerimos a utilização do laser infravermelho 5 minutos após a aplicação da solução anestésica aplica-se 2 joules distribuídos de um em um centímetro com o objetivo de analgesia e umento da absorção do anestésico. Após a aplicação dos pigmentos repita a mesmo procedimento com o laser vermelho aplica-se 3 joules com o objetivo de acelerar o processo de cicatrização e reparação tecidual. Nos olhos não é recomendado a utilização do laser porém o mesmo protocolo serve para os lábios.
Contra Indicações: Glaucoma, Gestante, Câncer.
Com isso, pude perceber que o profissional que utiliza o laser no processo de micropigmentação obterá melhores resultados na fixação do pigmento.
Coloco-me a disposição para maiores duvidas.

Dra. Priscila Medeiros

Dermofioterapeuta
Com Especialização em Laser de Baixa
Técnica do Centro Holístico By Fernanda Rodrigues
Centro Holistico By Fernanda Rodrigues
Rua Jose Paes de Abreu, 667 Loja 10
Itajur - Cabo Frio - RJ
Fones: 22-2643-1389 / 22-9995-2396 /22-9995-3501

Publicação Belezain: 15/05/2015

 
 










 


(11) 98525-4063
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter