HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 2604-3070
 


 
 




 

Tipos de Neuromas - Marcia Nogueira



 

 oo

 

Marcia Nogueira
• Diretora Técnico-científica da área de
podologia da revista eletrônica Belezain
• Professora e Podóloga
Tel: ((11) 99590.0857
e-mail:podologamarcianogueira@hotmail.com

Podologia

TIPOS DE NEUROMAS

(fig.1)

NEUROMA DE MORTON
Neuroma (ou nevroma) de Morton é o nome dado à neurortopedia (doença neurológica que acomete os pés), resultante do pinçamento do nervo interdigital, que leva à uma cicatrização local do próprio nervo(neuroma).

Pinçamento é a compressão na fibra nervosa, causando a diminuição do impulso elétrico e lesão na célula nervosa. Esse pinçamento é causado por pressão externa, ou seja, por ação mecânica.(fig.1)

NEURÔNIO
O neurônio, que é a célula que constitui o sistema nervoso, recebe uma descarga elétrica de mais ou menos 10 mini- ampéres, com o pinçamento, essa descarga diminui para 2 mini-ampéres, o que ocasiona a perda da força muscular, pois para a célula muscular se contrair é necessária a descarga elétrica.

Apresenta como quadro clínico os seguintes sintomas:
• Perda da força muscular

• Nódulo doloroso na região entre o III° e IV° metatarsos

• “Formigamento”,ou seja, sensação de perda do tato nos artelhos ( parestesia)

• Dor tipo “queimação” ou “latejamento” ao caminhar, ao colocar sapatos fechados, não cede ao repouso.

As lesões nervosas são irreversíveis, sabemos que as células nervosas não se regeneram e como são alteradas em suas funções, ocorre o processo de cicatrização da fibra nervosa, com formação de fibras colágenas e elásticas no local lesionado (neuroma).

O nervo se degenera independente do agente lesivo.Com a secção do nervo é formado no local um tecido conjuntivo que se “cola”, sendo assim, não há transmissão de elétrons e o neuroma é formado.

Podemos apresentar como tratamento, as seguintes opções:
• Incisão cirúrgica

• Palmilhas para pé chato (como prevenção), que sustente o arco transverso(társico e metatársico posterior e anterior)

Infiltração local com corticóides

PINÇAMENTO DO NERVO TIBIAL ANTERIOR
Ocorre por traumas diretos e uso de calçados inadequados sobre a superfície dorsal do pé. O nervo tibial anterior acompanha a artéria dorsal do pé. Sendo superficial.

Nessa região há pouca proteção tecidual e fica facilmente exposta a traumas. Apresenta em seu quadro clínico: dor e “formigamento” nas superfícies laterais dos I° e II° artelhos.

O tratamento atua sobre a causa do trauma direto.

PINÇAMENTO DO NERVO TIBIAL POSTERIOR
Ocorre devido à: traumas sobre os ramos plantares ou sobre o próprio nervo tibial posterior, quedas na posição em pé e apoio plantar inadequado (região localizada no meio da planta do pé).

O nervo tibial posterior passa pelo canal do tarso, formado pelo ligamento do talo- calcâneo. Lembremos de que o ligamento é formado por tecido conjuntivo que liga um osso a outro.

Apresenta em seu quadro clínico: dor e “formigamento” sentido pelo nervo mais afetado.

Por exemplo:
• Nervo plantar lateral - Dor na região lateral da planta

• Nervo plantar medial - Dor na região medial da planta

• Nervo calcâneo - Dor na região de apoio no calcâneo e na região posterior ao maléolo medial.

O tratamento mais indicado seria:
repouso, incisão cirúrgica no ligamento (em casos compressivos) e uso de antiinflamatórios.

 

 
 

















 


(11) 2604-3070
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter