HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 2604-3070
 


 
 




 

SEITAI - Parte 2 - Teruyoshu Hoga e Dina Hoga



 

SEITAI - Parte 2

Teruyoshu Hoga e Dina Hoga 
Terapeutas

Tels.: (11) 9627-0738 / 9627-0311

1- Método de fricção

procedimento consiste em friccionar repetidamente a superfície da pele com os dedos ou a palma da mão. Conforme a ação da força, divide-se em fricções planas, laterais e barriga da mão.

A- Fricção Plana: O terapeuta encosta a palma da mão na área corporal do paciente, concentra o centro da gravidade no punho e desloca para frente ou lateral, apertando. Esse método se aplica onde tiver bastante músculo, como lombar, dorso, coxa, parte de trás de membro inferior, etc.



Figura 1.1 

B- Fricção Lateral: O terapeuta encosta parte do dedo mínimo nas áreas corporais do paciente e desloca para frente e para trás. Este método é mais utilizado para áreas menores das articulações, face torácica abdominal, lombar, dorsal, nádega, etc.


Figura 1.2

C- Fricção da barriga da mão: O terapeuta encosta parte do polegar na área corporal do paciente, deslocando para antero-porterior ou esquerda-direita.

Isso pode ser aplicado para toda a área corporal.

Pré-requisito: o movimento deve ser suave, sem forçar demasiadamente, e rítmico. Não pode ser apressado, nem retardado. Necessita de aplicação adequada e equilibrada.

Efeito: harmoniza o músculo e o meridiano, aquecendo a temperatura da pele, melhorando o aspecto da mesma, proporcionando brilho, regulando as funções das glândulas sudoríparas e sebáceas e eliminando a gordura subcutânea supérflua. Previne eficientemente a obesidade, alcançando, assim, o objetivo da redução de peso.


Figura 1.3


2- Método da Fricção (figura 2)

Procedimento: encostar a barriga do polegar ou palma e punho sobre a área escolhida, aplicando certa força de cima para baixo, friccionando de cima para baixo ou lateral. Esse método de fricção aplica-se principalmente na cabeça, face, abdômen e dorso.

Pré-requisito da aplicação: manter a pressão, suavizar a velocidade, escolher a direção da fricção: reto ou em curva. Não parar durante a fricção. Transmitir a força aplicada da pele para o músculo. Ao aplicar a força, não flutuar, mesmo sendo leve, não parando, mesmo sendo pesado, e aplicar a força relativa em ambas as mãos, mantendo o equilíbrio e sincronizando todo o movimento.

Efeito: melhora a função cerebral, estabiliza psiquicamente, segura a hiperfunção hepática, proporciona a lucidez cerebral e a visão. Quando aplicada na região abdominal e dorsal, tem a função de reduzir a gordura, prevenindo a obesidade. Estimula a circulação sangüínea facial.

Figura 2

3- Método da Compressão

Procedimento: O terapeuta segura alternadamente a área corporal do paciente com ambas as mãos, pinça o músculo com o lado interno das mesmas e o mantém pressionado. Segura forte o músculo com o polegar e os quatro dedos restantes e mantém assim por pouco tempo.

Pré-requisito da aplicação : apesar do método pesado, manter a força equilibrada. Manter entre o polegar e o indicador ou entre os cinco dedos, sem concentrar a força nas pontas dos mesmos. A direção normal é de cima para baixo e rítmico.

Efeito : Segura a hiperfunção energética e sangüínea.

Figura 3

4- Método da Drenagem Linfática (figura 4)

Procedimento : puxar, pinçando o músculo com ambas as mãos, e avançar.

Pré-requisito de aplicação: esta técnica também é pesada, não se deve forçar demasiadamente. Seguir certa direção, deslocando lentamente e comprimindo.

Efeito : drena os �lixos celulares� concentrados nos vasos linfáticos, dispersando o sangue estagnado, estimulando o fluxo da circulação energética sangüínea, surtindo efeito para restauração. 


Figura 4

5- Método de Compressão

Procedimento: sobrepor o indicador no médio de ambas mãos, colocar a barriga do dedo médio sobre o ponto acupuntural escolhido ou a área escolhida, pressionar perpendicularmente para baixo (fig 5.1) e pressionar ritmicamente ou relaxar (como se estivesse apertando uma campainha). Manter pressionado certos pontos, sem movimentar momentaneamente: vibrar ligeiramente o dedo, aumentando a quantidade do estímulo. Nas muitas áreas, como por exemplo a dorsal, pode-se pressionar com a palma ou a mão fechada ou punho.


Figura 5.1


Figura 5.2

Pré-requisito de aplicação: também pertence ao método pesado, tanto pressão digital como pressão palmar. Precisa comprimir sem deslocamento, mas não pode ser bruto. Pressionar acompanhando a respiração. Aperta na inspiração e descomprime na expiração. Para não forçar demasiadamente, adequar conforme o estado do paciente.

Efeito: conduz o meridiano, abre a obstrução, elimina a estagnação e alivia a dor. Se aplicar levemente, tonifica; se praticar pesadamente, seda.

6- Método da Fricção

Procedimento: encostar a palma ou barriga do dedo no ponto acupuntural escolhido, ou área escolhida, e deslocar girando de forma circular leve e paralelo à pele.


Figura 6.1

 


Figura 6.2

 

Pré-requisito de aplicação: este método é a combinação de dois movimentos: um linear e outro curvilíneo.

Efeito : melhora a circulação, eliminando a estagnação sangüínea. É utilizado para lesão aguda. Alivia a tumefação e pára a dor. Freqüentemente é utilizado nas áreas torácicas e abdominais, aliviando a aflição torácica, melhorando a respiração e a digestão, conduzindo os alimentos estagnados, eliminando o frio e parando a dor. Quando se esfrega leve, tonifica; quando se esfrega pesado e rápido, seda.

7- Método da Plaina (figura 7)

Procedimento: encostar a barriga do dedo, a palma da mão ou o punho no ponto de acupuntura, ou área escolhida, aplicar a força adequada e avançar linearmente, seguindo o fluxo do meridiano como plaina. Conforme a área, pode-se direcionar para trás, cruzando ambas as mãos. Pode-se esfregar entre esquerda e direita. Principalmente para as pessoas obesas, friccionando a mão fechada no dorso, o abdômen com o punho e o tórax com quatro dedos, ou ainda do tórax para a costela.

Pré-requisito da aplicação : quando aplicar a fricção, deve-se encostar na pele e efetuar movimentos lineares paralelos. Ao aplicar a força, iniciar lentamente, aumentando gradativamente. No término também deve ser leve.

Efeito: melhora a circulação do meridiano, regula a nutrição e a imunidade, melhora a circulação sangüínea e energética, abaixa a febre com a sudorese, aliviando a estagnação da energia e sangue, harmonizando o baço-pâncreas e o estômago.


Figura 7

 

8- Método do Pinçamento (fig 8)

Procedimento : formar a pinça com o polegar, o indicador, o médio e os quatro dedos restantes, pinçando firmemente a área rica em músculos, ou pontos de acupuntura escolhidos, e afrouxar em seguida. Deslocar repetindo esta técnica. Este método é freqüentemente utilizados nos membros superiores, inferiores, cervical, trapézio dorsal, deltóide do ombro, entre outros.

Pré-requisito de aplicação : sendo destinado aos grandes músculos. Portanto, primeiro pega-se a maior quantidade possível de massa muscular com firmeza e de maneira rítmica, fazendo o movimento e pinçando repetidamente. O segundo segue o mesmo padrão para áreas menores.

Efeito: relaxa os músculos e tendões, vitaliza os meridianos, melhora a circulação, dispersando a estagnação sangüínea, aliviando a fadiga e aumentando a força muscular.

Figura 8

 

9- Método de Pinçamento

Procedimento: abrir naturalmente a palma da mão, formando uma pinça entre o polegar e os quatro dedos. Pinçar o ponto de acupuntura escolhido ou uma área e deslocar pinçando e soltando.

Pré-requisito de aplicação: este pinçamento é realizado pelo movimento hábil da articulação do braço. Caso apresente área afetada, pinçar esta área sem deslocar. O movimento deve ser suave e harmonioso. Efetuar sem interrupção.

Efeito: elimina a obstrução do meridiano e vaso sangüíneo, regulando a energia e o sangue, relaxando os músculos e os tendões.


Figura 9

 

10- método da fricção (figura 10)

Procedimento: encostar a barriga do dedo, palma, punho, ponta do mínimo ou ponta do polegar no ponto de acupuntura escolhido, ou a área, aplicando a pressão adequada, utilizando como eixo a articulação do braço ou do médio, efetuando o movimento circular ou cíclico. A fricção da barriga do dedo é aplicada na cabeça e face. Nas outras áreas maiores, usar a palma, o punho para a cervical, abdominal e membros superiores e inferiores.

Pré-requisito da aplicação: a fricção pertence ao método leve, é suave e rítmico. Efetuar conforme a respiração e estado corporal. Sem desencostar o dedo ou a palma da pele durante a fricção, equilibrar a força levemente, movimentando o tecido subcutâneo da área escolhida com o dedo ou palma da mão.

Efeito: estimula a circulação energética e sangüínea, aliviando o sangue estagnado, eliminando a tumefação e diminuindo a dor. Este método no abdômen ajuda o movimento peristáltico gastrointestinal, melhorando a digestão e eliminando os alimentos estagnados.

 
Figura 10

 

11- Método da cunhagem (figuras 11, 12 e 13)

Procedimentos: aperte o ponto escolhido ou área escolhida com a unha. Quando pressionar com o polegar (figura 11.1), dobrar a articulação falangeana do polegar e pressionar o ponto de acupuntura escolhido para baixo, inclinando internamente com a unha. Por exemplo, no caso do Meridiano do Vaso Governador VG26 (figura 11.2), ainda há casos que utilizam o polegar e o indicador, como no caso do Meridiano da Vesícula Biliar VB20 (figura11.3).


Figura 11.1 


Figura 11.2 


Figura 11.3 

Pré-requisitos da aplicação: o método da cunhagem pertence ao método pesado, obtendo nítido deqi, portanto é conhecido como acupuntura a dedo. Ao aplicar, não forçar repentinamente, sentindo um peso ou irradiação é suficiente. Após o aperto, massagear o local para aliviar a dor.

Efeito: estimula a função cerebral, estabiliza psiquicamente, deixa transpirar, abaixando a febre. Conduz o meridiano e alivia a dor. No caso de síncope, é possível salvar pressionando o meridiano VG 26.

12- Método do cisalhamento

Procedimento: apertar com o polegar, ou quatro dedos, numa área do membro, ritmicamente, deslocando continuamente (como se estivesse cortando algo com uma faca). Tanto o método do cisalhamento como o da cunhagem usam as unhas, mas diferem no seu uso. No caso do método do cisalhamento, pressionar com o dedo estendido, enquanto no método da cunhagem o dedo fica dobrado, inclinado para baixo. No método do cisalhamento, utiliza-se apenas o polegar (figura 12.1). Há casos que utilizamos quatro dedos: indicador, médio, anelar e mínimo (figura12.2). O método com quatro dedos é freqüentemente utilizado para a cabeça, mão e braços.


Figura 12.1 


Figura 12.2 

Pré-requisitos da aplicação: ao aplicar o método do cisalhamento, observar o estado real para adotar o método distal ou local. Estes dois métodos de cisalhamento são freqüentemente utilizados para área com tumefação, se não for área com tumefação, não há necessidade de utilizar o método de cisalhamento. Quando for utilizado, aplica-se a força com firmeza, continuamente, sem perder o equilíbrio e sem variar a força.

Efeito: o método de cisalhamento é um dos métodos de sedação. Destrói o tecido endurecido devido à concentração de sangue estagnado subcutâneo, desfazendo a fibra muscular endurecida, restaurando circulações energéticas e sangüínea local.O método de cisalhamento dissolve os nódulos, eliminando o sangue estagnado e melhorando a circulação sangüínea, recuperando a elasticidade do músculo, tendão e ligamento.

 
 

















 


(11) 2604-3070
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter