HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 2604-3070
 


 
 




 

A arte de colorir - Sidnei maciel



 

Sidinei Maciel
Técnico Bioessenzialle – Mac Paul / SP
Tel.: (11) 3021-9291 / 3022-3494 / 3022-7075



Colorir é arte, é dar vida. Colorir é responsabilidade, pois colocar ou tirar cores dos cabelos de uma cliente é mexer no seu cotidiano.

Brincar com as cores é uma fascinação para todo profissional, mas isto é um trabalho para quem sabe o que está sendo feito. Pois o mínimo de erro pode colocar a perder todo o seu trabalho.

Então fique antenado em cursos de coloristas e colorimetria.

Bom, vamos ao que interessa:

Novos estudos comprovaram que o cuidado, antes e depois, de uma coloração é muito importante para se obter um resultado exato, ou seja, um trabalho que dê vida, brilho e maciez desejados pela sua cliente.

Como já é de nosso conhecimento, o produto de coloração em si tem o seu valor de pH alcalino, para poder fazer a função de transformação de cor da haste.

Por este mesmo motivo, acreditava-se que a coloração deveria ser feita em cabelos que estivessem sem lavar (sujos) para uma proteção de ardência no couro cabeludo.

Este método, de certa forma, está parcialmente correto, mas se você parar para pensar, veremos que há controvérsias. Devemos pensar que os corantes são moléculas de dimensão reduzida, cuja estrutura possui uma boa afinidade com a fibra capilar. Essas moléculas penetram até a periferia do córtex.

Então vejamos, se eu tenho uma haste onde há restos de cosméticos, poluição do ar e vários outros empecilhos que irão atrapalhar a penetração e se misturar ao produto, o meu trabalho será perfeito?

Tem-se um produto químico que elevará o pH do fio a uma alcalinidade. Isto significa que fará uma leve abertura nas cutículas da haste para uma melhor penetração do produto. Se houver algo que impeça ou dificulte esta penetração, o produto agirá somente externamente ou penetrará com substâncias que não serão bem vindas. Isto pode causar uma série de erros em seu trabalho, que acarretará uma série de problemas, como:

•  Durabilidade da cor;

•  Ressecamento da haste;

•  Falta de brilho;

•  Rigidez da haste;

•  Cobertura total de brancos.

Entre outros:

Então devemos lavar a haste capilar com um higienizante de pH fisiológico ou levemente alcalino. Sendo assim, o produto em si fará o seu trabalho com mais facilidade.

Por isso, devemos dar a devida atenção antes de prosseguir com um trabalho químico, seja ele qual for.

Devemos também prestar atenção no estado de saúde que o cabelo se encontram.

Se há uma porosidade grande, por exemplo, não se deve proceder nenhum tipo de química sobre o mesmo, porque já há uma afecção, isto fará com que esta haste tenha a afecção dobrada e, além do sucesso do seu trabalho ser colocado em risco, não haverá fixação de cor neste local.


Clareamento, descoloração e colorações

A água, o ar e o sol clareiam ligeiramente os cabelos e lhes conferem reflexos quentes. A água aumenta o volume do cabelo. As moléculas de oxigênio neles penetram e são ativadas pelo calor ambiente. Trata-se de uma oxidação suave dos pigmentos granulosos, gradativamente destruídos na periferia do córtex. A este processo dá-se o nome de clareamento natural.

Pode-se provocar o clareamento do cabelo, indo do tom escuro ao mais claro, através de uma reação química que provoca uma oxidação mais intensa dos pigmentos.

Os pigmentos granulosos desaparecem progressivamente. Em seguida, os pigmentos difusos são, por sua vez, eliminados.

Esse fenômeno explica o fato de que determinados cabelos descoloram-se, adquirindo ou uma cor avermelhada ou amarelada. Alías, todas as cores intermediárias são possíveis. Essas diferentes cores são fundos de clareamento.

Se o cabelo clareia, ele também pode ser colorido por diferentes métodos.

A coloração dá o colorido clareando, mas também no mesmo tom e em tom mais escuro. Recobre os cabelos brancos. Age clareando e colorindo simultaneamente o cabelo.

Necessita que três elementos entrem em atividade: amônia, um oxidante e precursores de cor.


A coloração tom sobre tom

Essa coloração contém corantes que funcionam como os da coloração de oxidação de clareamento. Entretanto, ela não contém amônia e o agente alcalino utilizado tem uma potência muito fraca, o que explica o fato de ela não clarear.

Ele dá colorido no mesmo tom, ou em tom mais escuro. Convém a todos os tipos de cabelos e recobre os cabelos brancos.

Sabendo agora como age uma coloração na haste capilar, entendemos que ela age sobre um pH alcalino, fazendo uma abertura das cutículas para a introdução dos pigmentos e dos princípios ativos. Sabemos, então, que temos que reestabilizar o pH do mesmo para que mantenhamos a saúde do cabelo, dando uma maior durabilidade da cor, brilho e maciez.

Para que isto aconteça, devemos usar um produto que tenha uma acidez para reestabilizar esta condição ao fio. Temos duas maneiras de efetuar este procedimento: fazendo uma neutralização ou mesmo uma cristalização, que deixa o fio com um brilho superior ao normal.

 
 
















 


(11) 2604-3070
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter