HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 2604-3070
 


 
 




 

Cromoterapia - Moriel Sophia



 

Equilíbrio Energético

Definição

A CROMOTERAPIA está envolvida em todos os atos do SER HUMANO. Den-tro do “Espiritualismo”, os estudos apontam pela existência de um CORPO ENER-GÉTICO chamado de Duplo Etérico, localizado entre o Físico e Perispírito ou Astral. Vamos apresentar como o equilíbrio energético dos CHACRAS é obtido através das CORES. Embora seja do conhecimento dos interessados, sabemos que o nosso CORPO possui bilhões deles espalhados por toda a pele, correspondendo aos bilhões de poros, que representam, em sua totalidade, a AURA DA SAÚDE. Para fins deste artigo nos ateremos aos sete principais, a saber:

• Coronário: está situado no alto da cabeça e na direção da Glândula PINEAL (a que lhe corresponde). Quando plenamente desperto é o mais brilhante deles, apresentan-do todas as gamas possíveis de colorações. A porção central é de um BRANCO des-lumbrante e apresenta um tom DOURADO no seu núcleo. Portanto, sua COR pre-dominante e seu brilho variam de acordo com o desenvolvimento e evolução de ca-da criatura. É o elo entre a MENTE espiritual e o cérebro FÍSICO, sendo o centro responsável pela sede da CONSCIÊNCIA do Espírito encarnado. Dentro do fluxo energético que recebe, o RAIO VIOLETA é o predominante.

• Frontal: localizado entre as sobrancelhas, e a COR ÍNDIGO é quem se faz presen-te. Corresponde-lhe a Glândula PITUITÁRIA ou HIPÓFISE, que governa o IN-TELECTO (cérebro) com seus vários departamentos de neurônios. Assim, ele co-manda os cinco sentidos (visão, audição, paladar, olfato e tato). Portanto, responde pela vidência e audiência, bem como, pela clareza de raciocínio e percepção intelec-tual que será tanto mais aguda e rápida quanto mais for desenvolvido este CHA-CRA. Outra função é a de poder emitir RAIOS (irradiação de energia) na forma de VIBRAÇÃO, que podem ser dirigidas às pessoas com as quais nos preocupamos in-dependente do que ocorre com cada uma. De acordo com a necessidade, os RAIOS emitidos poderão ser coloridos segundo a mentalização a ser realizada. Essa irradia-ção, ou mesmo, o lançamento de tais RAIOS depende exclusivamente da vontade e da força mental concentrada do emitente, não sendo necessário nenhum gesto exter-no.

• Laríngeo: predomina a COR AZUL, porém o efeito geral é Prateado brilhante. Está situado na garganta, mais ou menos na altura da TIRÓIDE. É o responsável pela saúde na área de fonação (garganta e cordas vocais), vias respiratórias (boca, nariz, traquéia e pulmões) e pelo controle de certas Glândulas ENDÓCRINAS do CORPO, cuja disfunção é, por vezes, atribuída à TIRÓIDE, quando na realidade o culpado é o CHACRA LARÍNGEO mal desenvolvido ou demasiadamente desenvol-vido.

• Esplênico: está situado na altura do BAÇO (órgão purificador do sangue) e o tem como sua Glândula correspondente. Responde pela vitalização do organismo, já que absorve e distribui o PRÂNA ou Vitalidade. O PRÂNA tem aspecto particularmente brilhante e fulgura como um Sol e é extraído dos GLÓBULOS DE VITALIDADE presentes na atmosfera. Após ser capturado pelo ESPLÊNICO é fracionado nas sete CORES e distribuído aos respectivos CHACRAS. Quanto à entrada do PRÂNA ROSA (oitava COR) pelo DUPLO ETÉRICO, o mesmo prontamente o capta e o distribui imediatamente para o sistema nervoso / muscular.

• Cardíaco: localizado nas imediações do CORAÇÃO físico, onde se situa o principal ponto de contato com o "eu" Profundo (Cristo Interno - Mente) e que comanda o batimento cardíaco. Predomina a COR AMARELA que impregna totalmente o san-gue que é por ele levado a todas as regiões do CORPO. Governar o Sistema Circu-latório, presidindo a purificação do sangue nos PULMÕES e no envio do oxigênio e PRÂNA a todas as células, por meio do Sistema Arterial. Controla, ainda, as pul-sações do músculo cardíaco. O CHACRA CARDÍACO acelera e fortalece as palpi-tações do CORAÇÃO, quando é necessária uma circulação mais rápida e forte da corrente sangüínea, para levar mais oxigênio ao CÉREBRO e CÉLULAS. Ligado ao CARDÍACO encontra-se o TIMO, Glândula associada ao primeiro conceito do "eu" para o indivíduo. No feto em desenvolvimento ele interage em todas as outras glândulas, no estabelecimento de uma percepção fisiológica do que pertence ao feto e o que lhe é estranho. Em nível celular, os LINFÓCITOS-T produzidos pelo TI-MO são capazes de distinguir as CÉLULAS ou corpos estranhos que ameaçam a harmonia do embrião. Tais LINFÓCITOS são comandados pelo Espírito reencar-nante para defender o CORPO FÍSICO em formação, de tal modo que o Espírito se sinta feliz dentro do invólucro que idealizou.

• Umbilical: mais ou menos na altura do umbigo, absorve os elementos da atmosfera para o FÍSICO que vitalizam todo o Sistema Digestivo, auxiliando na assimilação e metabolismo alimentar. É o responsável pelas emoções, tanto que, nas comoções e sustos muito fortes sentimos a barriga tremer e que chegam mesmo a provocar eva-cuações extemporâneas (inoportunas). Recebe do ESPLÊNICO o RAIO VERDE que invade o abdome e vivifica o fígado, os rins, os intestinos, e de modo geral o Aparelho Digestivo, concentrando-se particularmente no PLEXO SOLAR. Este PLEXO governa todo o Sistema Vago Simpático e está localizado logo acima do PÂNCREAS, enervando a maior parte das vísceras abdominais, sendo o mais atingi-do naqueles com mediunidade receptiva (incorporação). O UMBILICAL pode ser definido como sendo o “Chacra da Mediunidade Sensitiva”, quase visceral, com o MÉDIUM sentindo de imediato todo o conjunto de sensações e emoções do desen-carnado: dores pelo corpo e falta de ar, tristeza, choro, aflição, raiva e vontade de brigar, frio ou calor, etc.

• Básico: conhecido como BÁSICO por situar-se na base da espinha dorsal, com uma força primária vitalizadora e poderosa de nome KUNDALINI, que atua em to-da coluna vertebral (SNC - Sistema Nervoso Central / SNP - Sistema Nervoso Peri-férico / Aparelho Urinário e Reprodutor). KUNDALINI ou Fogo Serpentino é uma das forças emanadas pelo Sol, independente e distinta das demais forças e que per-corre todo o Físico na forma de uma espiral semelhante às curvas de uma serpente. O BÁSICO recebe do ESPLÊNICO os átomos de COR VERMELHA e LARAN-JA, que são levados aos genitais e proporcionam energia à natureza sexual, de forma a permitir a preservação da espécie HUMANA. Tanto no HOMEM como na MU-LHER, as glândulas sexuais são chamadas GÔNODAS que, por sua vez, estão liga-das ao conceito do tornar-se, gerar ou ainda o de "vir-a-ser". Os desvios sexuais são causados pelo desequilíbrio do CHACRA. Essa energia criativa pode ser utilizada tanto no plano Físico como no MENTAL.

Resumidamente temos:

 

CHÁCRA
COR
 
CORONÁRIO
VIOLETA
FRONTAL
ÍNDIGO
LARÍNGEO
AZUL
CARDÍACO
VERDE
ESPLÊNICO
ROSA
UMBILICAL
AMARELA
BÁSICO
LARANJA / VERMELHA
 
 

Lembretes:

Esta terapia auxilia o tratamento, mas não dispensa o “médico”.
É permitida a reprodução total ou parcial, desde que citada a fonte.
As informações contidas neste JORNAL são da inteira responsabili-dade de Moriel Sophia – Sinaten 0880

(11) 5061-5128

 

 
 
















 


(11) 2604-3070
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter