HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 98525-4063
 


 
 




 

Aromaterapia



 



Uso consciente dos óleos essenciais

Atualmente muito se tem visto na internet sobre a aromaterapia e a utilização dos óleos essenciais, sobretudo neste momento em que estamos passando.

Vemos diversas receitas carregadas em porcentagens altas e muitas vezes o uso dos óleos essenciais puros.

Para entendermos um pouco sobre este mundo vamos falar um pouco sobre o que é aromaterapia.

A aromaterapia é a arte e a ciência que utiliza os óleos essenciais para levar o bem estar e a saúde aos seres vivos, animais e vegetais.

A Aromaterapia nasceu por volta de 1910, quando o químico e perfumista René-Maurice Gattefossé sofreu um acidente em seu laboratório queimando seu braço  gravemente. Quando seu braço começou a pegar fogo ele saiu de seu laboratório e rolou na grama para apagar o fogo e neste momento teve contato com fezes de animal e com isso adquiriu uma infecção. Após algum tempo de tratamento convencional alopático sem sucesso ele fez uso do óleo essencial de lavanda obtendo sucesso em seu tratamento. Deste acidente nasce a aromaterapia e o primeiro livro totalmente voltado para aromaterapia.

Os óleos essenciais substâncias voláteis produzidas pelas plantas aromáticas,

considerados também como os hormônios das plantas, possuem em sua constituição

diversos princípios ativos que atuam em nosso organismo trazendo benefícios mas

quando utilizados de forma incorreta podem causas problemas.

Quando pensamos em utilização de óleos essenciais devemos pensar em alguns

pontos:

* Por que escolhemos este óleo essencial?

* Para quem e como vamos utilizar?

* Como vamos diluir este óleo essencial caso ele tenha contato com a pele?

Sim, os óleos essenciais devem ser diluídos quando vamos fazer sua aplicação na pele. Muitos óleos essenciais possuem contra indicações, em especial quando vamos utilizar sobre a pele, eles devem ser diluídos em baixa porcentagem e no caso de inalação deve ser feita com atenção sobre qual óleo essencial será utilizado.

Atualmente com a pandemia vemos na internet muitas receitas com óleos essenciais,

recentemente vi um post de uma pessoa colocando óleo essencial puro na máscara,

devido a sua fama de antiviral, se você já fez isso pare. É um perigo ainda mais puro

seja qual óleo essencial for, NENHUM ÓLEO ESSENCIAL DEVE SER COLOCADO

PURO NA MÁSCARA. O que eu diria ser seguro, seria fazer um blend com a diluição

de um óleo essencial que tenha potencial antiviral como o tea tree e borrifar em sua

máscara e deixar ele volatizar por alguns minutos e depois usar a máscara e nunca

pingar gotas diretamente no tecido e colocar em seu rosto.

Quando colocamos o óleo essencial na máscara e a colocamos no rosto, o óleo

essencial volatiza e entra em contato com a pele podendo causar irritações e até

queimaduras, quanto a inalação do óleo essencial, pode causa intoxicação devido a

grande exposição química que ocorre.

Para fazer o uso correto dos óleos essenciais é necessário ter conhecimento,

consultar sempre uma aromaterapeuta formada para que seu uso seja seguro e não

cause mais danos que benefícios.

Não é por que é natural que não pode te fazer mal.

O uso de forma correta te trará inúmeros benefícios.

Vamos usar os óleos essenciais de forma correta e segura, respeitando sempre as

porcentagem e margens de segurança.

Se você gostou deste artigo e quer saber mais sobre o uso correto e seguro dos óleos

essências entre em contato comigo ficarei feliz em te ajudar a conhecer este mundo

maravilhoso da aromaterapia.

 

LuOroz ´aromaterapeuta com mais de 15 anos de experiência, trabalhou em grandes

empresas de aromaterapia. Atualmente faz atendimentos e ministra cursos online ao

vivo para grupos e particular.

Whatsapp 11-98433-5294

Instagran @luzorozterapias

https://www.facebook.com/luzorozaromasterapiaseconsciencia

 
 










 


(11) 98525-4063
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter