HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 2604-3070
 


 
 




 

Estética



 

A importância do Esteticista

na área da saúde 

Pâmela Lopes
 
 
O Esteticista de tempos atrás, tinha como único objetivo promover beleza e bem-estar. Mas o perfil deste profissional sofreu uma grande mudança com o passar dos anos e com a implementação de Bacharéis, Tecnólogos e Técnicos na área. O que hoje, fundamenta sua vinculação à área da saúde. Com base nesta mudança e na proposta de Medicina Integrativa – Abordagem esta que busca o corpo como aliado ao tratamento de doenças, potencializando suas respostas inatas e preconizando seu bem-estar em primeiro plano – foi feito um estudo, onde foram entrevistados 30 médicos, entre dermatologistas e cirurgiões plásticos. O estudo consistiu na aplicação de um questionário, a fim de verificar se estes médicos conheciam o Esteticista, sabiam onde podem atuar e se estabelecem ou estabeleceriam parceria com este profissional.
Dentre os 30 profissionais participantes da pesquisa, divididos entre Dermatologistas e Cirurgiões Plásticos:
1. Todos afirmaram conhecer o Esteticista e saber quais procedimentos está apto a realizar;
2. 90% afirma já ter experimentado esta parceria;
3. 100% dos que já experimentaram da parceria, relatam ter obtido resultados positivos - Por ter enriquecido sua prática médica, complementado seu trabalho, agregado valor aos atendimentos, auxiliado na obtenção de resultados e oferecido suporte aos clientes.
A Medicina Estética no Brasil é muito bem estabelecida, mas nem todos que buscam tratamentos estéticos, objetivam tratamentos invasivos. Que profissional então, dentro da área médica, poderia oferecer uma limpeza de pele? Ou, um protocolo de afinamento cutâneo, ativação metabólica e circulatória, acrescidos de hidratação tecidual em preparação a uma cirurgia plástica? Ou uma drenagem linfática pós-cirúrgica? Uma massagem modeladora dentro de um protocolo de tratamento para harmonização corporal?
Ou ainda, por que não atuar em parceria a enfermeiros em pacientes que sofreram queimaduras, ou que sofrem de psoríase, por exemplo? Auxiliar na promoção de bem estar em pessoas hospitalizadas ou que sofram que doenças crônicas ou degenerativas? Este é o posto que o profissional de estética deseja conquistar, o que se preocupa sim com a aparência, mas vai além do embelezamento e promove melhor qualidade de vida.
 Inserir-se no âmbito da saúde, ir a consultórios, clínicas, postos de saúde e hospitais, quebrar paradigmas, mostrar serviço aos profissionais mais conservadores; incentivar novas parcerias – Tentativas estas que embasadas na experiência positiva de profissionais que vivenciaram esta multidisciplinariedade, como mostra o estudo, nos permite acreditar na importância da inserção do Esteticista na área da saúde, uma vez que saúde e beleza estão intimamente ligados. Proporcionar saúde à pele e anexos, que são espelho de nossas condições internas; bem-estar, auto-estima e melhora na qualidade de vida significam em totalidade agregar valor à pratica de Medicina Integrativa e significam também a valorização do papel do Esteticista neste novo âmbito em que deseja atuar. 
 
"Gratidao a Nayara Palmezano, por ter feito parte da idealizacao deste projeto."
 
 
Pâmela Lopes
Bacharel em Estética, pela Universidade Anhembi Morumbi
e Pós -graduada em Estética e Cosmetologia pela Unyleya. 

FACEBOOK - Beleza C alma

YOUTUBE - Esteticista a Bordo

INSTAGRAM - @esteticistaabordo
 

 
 















 


(11) 2604-3070
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter