HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 98525-4063
 


 
 




 

Epigenética revoluciona mercado de cosméticos



 



 Epigenética revoluciona mercado de cosméticos

A ideia de que o ambiente pode alterar nossa herança celular não é novidade e tem um nome um pouco complicado: epigenética. Na estética, o conceito representa uma evolução na área de skincare. Um aperfeiçoamento no atendimento ao cliente, oferecendo um tratamento específico, conforme as necessidades de cada pessoa, resultando em atendimentos cada vez mais personalizados. Mas, para entender melhor essa ligação e sua influência, primeiramente é preciso conhecer mais sobre a abrangência do conceito.
Todas as células do nosso corpo possuem o mesmo genoma, ou seja, o mesmo código genético. Porém, diferentes genes são ativados ou desativados em momentos distintos. E isso pode acontecer como resultado de efeitos externos ou ambientais. É aí que a ciência da Epigenética entra.
Ela descreve a reprogramação fisiológica que ocorre na célula sem que a sequência do seu DNA seja alterada. Claramente, os cientistas estão muito interessados nos efeitos da Epigenética sobre o envelhecimento, uma vez que, teoricamente, torna-se possível alterar ou retardar a sua velocidade.
Felizmente, a pele é um órgão facilmente estudado, uma vez que é grande e visível, e por isso está recebendo uma boa dose de atenção dos epigeneticistas. Um exemplo é a análise de gêmeos idênticos, pois, embora nascidos com a mesma constituição genética, a exposição a diferentes hábitos, como o fumo ou exposição ao sol, com o passar do tempo, pode fazer com que tenham características físicas diferentes um do outro.
A genética associada aos nossos hábitos, pode ser beneficiada ou prejudicada, dependendo da própria pessoa. Por exemplo, se ela traz em seu código genético um gene de quem não tem predisposição para engordar, porém sua alimentação é desfavorável, ela engorda. Ou quando se tem um gene predisponente para engordar, porém, tem-se um estilo saudável de vida, revertendo esse processo. Isso é epigenética! A interação dos hábitos com o corpo. Por isso o tratamento estético tem muito mais vantagens quando é personalizado. Um protocolo específico para cada cliente, focado em suas
particularidades e necessidades a partir de seus hábitos, ação do ambiente e modo de vida, traz a possibilidade de resultados mais eficientes.
Testes genéticos estão mostrando aos pesquisadores diferenças na forma como os genes são expressos em peles mais jovens e mais velhas, e como certos ingredientes podem afetar esses genes. Nada acontece em uma célula sem o envolvimento de um gene. No entanto, os genes precisam de um direcionamento; é aí que o epigenoma entra, para direcionar os genes das células da pele, sem alterar o DNA.
Há, somente como curiosidade, 40 genes de colágeno, 200 genes de antioxidantes, 700 genes de hidratação, entre muitos outros. Há um gene chamado NFR2, que é importante para a longevidade e para combater a inflamação. E de acordo com a Dra. Rebecca Gadberry (pesquisadora da UCLA e especialista em Biologia Celular e Molecular), alguns ativos para a pele podem direcionar os genes nas células da pele.
 
 
Para mais informações acesse:
www.adeliamendoca.com.br/blog
SAC: (37) 3551-2000

 
 










 


(11) 98525-4063
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter