HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 98525-4063
 


 
 




 

Vamos envelhecer, mas como



 



 Vamos envelhecer, mas como?

Parte1

Profª Ismara Aurellia Almeida 

 

Entende se como envelhecimento uma série de alterações que vão ocorrendo no organismo ao longo do tempo vivido. segundo o IBGE -Instituto brasileiro de geografia e estatística ,o Brasil esta deixando de ser  um país jovem para um país velho ,devido a queda na taxa de natalidade e o aumento da expectativa de vida ,que atualmente esta em 71,3 anos e para 2050 a  expectativa de vida será 81 anos.

O envelhecimento é um processo de mudanças nas funções estruturais do corpo que o torna mais suscetível a uma série de fatores prejudiciais como:

Falha do Sistema imunológico - O sistema imunológico é um dos mais importantes do sistema de integração do organismo, no qual a capacidade do próprio corpo de reconhecer o invasor. È complexo e compreende diversos tipos de células ,linfócitos e monócitos, macrófagos providos de receptores e marcadores . O declínio da função do sistema imunológico estes intimamente ligados ao processo de envelhecimento.

Renovação Celular - Comprometimento pela incapacidade das células se dividirem (mitose) e perdem por completo a sua função, chegando a apoptose celular. A medida que as células se dividem ( processo conhecido como mitose ),seus telômero (sequência do DNA ) , vão se encurtando até desaparecerem e finalmente perderem sua capacidade de renovação.

TEORIA DO ENVELHECIMENTO


A Teoria mais aceita atualmente é pelos RADICAIS LIVRES.
Segundo o Dr. Denham Harman, pai da teoria do envelhecimento pelos radicais livre, revelou que esse processo provavelmente se inicia na mitocôndrias, a fornalha aquecedora das células. O Dr. Harman descobriu que, no momento em que se consome mais calorias, há um numero maior de reações de energia e consequentemente aumento da necessidade de oxigênio,que vai  traduzir no surgimento de mais radicais livres.  
 
RADICAIS LIVRES
 
 
OS RADICAIS LIVRES são átomos ou moléculas que tem elétrons não pareados em sua orbita externa e capturam elétrons de outras substâncias através do processo conhecido como oxidação, provocando a destruição e morte celular. São vilões naturais do organismo, produzidos por reações bioquímicas do oxigênio. Reações que resultam em verdadeiros LIXO TÓXICO.   
 São substâncias instáveis que se multiplicam em cascatas, tem uma vida extremamente curta e são interceptadas pela ação  de agentes antioxidantes enzimáticos  .Varias são as fontes de Radicais livres dentro do organismo .O Sol ,a Radiação ,medicamentos, alimentos, conservantes e estabilizantes .
MECANISMO E BIOQUIMICA DOS RADICAIS LIVRES DE OXIGÊNIO
100% do oxigênio inspirado pelo mecanismo da respiração, 95 a98% são convertido em TRIFOSFATO DE ADENOSINA-ATP via citocromo oxidase com participação de quatro elétrons que se reduzem  2 a 5%,  a mais desse oxigênio é convertido em radicais livres, acompanhando a seguinte sequência cronológica;
O oxigênio ganha um elétron e se converte em superóxido como fonte endógena, para sua formação, temos as reações  de oxidação realizadas pelas mitocôndrias, através da fosforização oxidante, que resulta em energia celular; processo de fagositose realizado  por neutrófilos polimorfonucleares; reações oxidativas das enzimas  como catalase, superóxido dismutase (SOD) e glutadiona(GSH) peroxidase; produção de ácido úrico  e o metabolismo do ácido araquidônico das membranas  celulares. Como fontes exógenas temos a radiação solar, pesticidas, poluição ambiental, fumaça de tabaco, certos medicamentos, dentre outros.
Deste fato veio a hipótese que uma das causas do processo do envelhecimento se deve as reações provocadas pelos radicais livres que no recorrer dos anos se tornam mais reativos e   por razões quânticas ,estáveis.  Uma ineficiência crescente de nossas defesas naturais antioxidantes, com o passar dos anos ,aumenta a concentração de radicais livres que deveriam ser neutralizados por substâncias como  VITAMINAS  ANTIOXIDANTES -C e E e oligosminerais, como SELÊNIO , ZINCO ,MAGNÉSIO , MANGANÊS , COBRE e OURO

 
Cerca de 1% do oxigênio absorvido pelo organismo sofre mudanças e transforma-se em espécie reativa de oxigênio - ROS, que são moléculas muito reativas.
Oxigênio + 1 elétron = superóxido (02)
Superóxido + 1 elétron = peróxido de hidrogênio ou água oxigenada (H2O2)
Peróxido de hidrogênio + 1 elétron = radical hidroxila (OH)
Radical hidroxila + 1 elétron + hidrogênio = água 
 
Profª Ismara Aurellia Almeida Brandão Toledo
Psicopedagoga - cosmetologia e estética.
Fone.: (11) 5579.3862
Site: www.peelline.com.br

 

 
 










 


(11) 98525-4063
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter