HOME QUEM SOMOS CURSOS VITRINE EVENTOS CONTATO
(11) 2604-3070
 


 
 




 

Quais os efeitos reais da Massagem? - Parte 5 - Joelson Facchini



 
Quais os efeitos reais da Massagem? - Parte 5
Um enfoque sobre a profissão e literatura
 
JOELSON FACCHINI
 
 
Efeitos Fisiológicos da Massagem

Efeitos sobre o Tecido Muscular
 
A literatura referente aos efeitos da massagem contém um número relativamente grande de afirmações positivas e implicações sobre o efeito da massagem no tecido muscular, em comparação com os seus efeitos sobre outros tecidos e sistemas de organismo.

Músculos Normais: Kellog: "A massagem produz verdadeiro aumento de volume das estruturas musculares. Também faz com que o músculo fique mais firme e elástico".
Despard: "A massagem melhora a nutrição de músculos e, portanto, promove seu desenvolvimento".
McMillan (1945): "Os músculos se fortalecem e crescem mediante manipulação".
Autores modernos concordam que a massagem não aumenta a força muscular, mas aumenta a circulação sangüínea e linfática. Assim sendo, o músculo em questão receberá um maior aporte de sangue oxigenado e, aí sim, terá maior resposta às atividades que está executando.
Mennel: "A força muscular pode ser desenvolvida somente pela contração muscular e nenhuma forma de massagem tem influência, há não ser indiretamente. A massagem pode ser útil, possibilitando ao músculo realizar mais exercícios e, assim, desenvolver sua força".
Rosenthal e outros demonstram que o músculo fatigado por trabalho ou estimulação elétrica recupera-se muito mais rapidamente mediante aplicações de massagens do que por meio de repouso.
Nordschow e Bierman concluíram que "a massagem manual pode causar relaxamento dos músculos voluntários".
Alguns autores afiram que a massagem aumenta o tônus muscular, mas isto não está comprovado experimentalmente (Cassar, M. P.1998).

Músculos Lesionados: Castex provocou lesões por amassamento em músculos de animais. Aplicou massagem em um grupo e em outro não.

Os músculos não tratados apresentaram:
1 - Dissociação de fibras musculares; 
2 - Hiperplasia com engrossamento do tecido conjuntivo; 
3 - Aumento do número de núcleos do tecido conjuntivo; 
4 - Hemorragias intersticiais; 
5 - Aumento do diâmetro dos vasos.

Nos músculos tratados, houve: 
1 - Músculos com aspecto normal; 
2 - Sem bandas fibrosas separando fibras musculares; 
3 - Sem engrossamentos fibrosos ao redor dos vasos; 
4 - Em geral, o volume muscular era maior; 
5 - Sem sinais de hemorragia;
6 - Sarcolema intacto.

Músculo Desnervado: Foi muito utilizada a massagem sobre o músculo desnervado, mas pouco se sabe sobre a sua atuação. 
Chor e Dolkart (1990) estudaram a atrofia muscular por desuso e a atrofia de músculos desnervados. Observaram que a atrofia que se produz em um músculo esquelético que não está em uso é lenta e acompanhada de mudanças estruturais muito simples. A atrofia consecutiva à secção nervosa ou lesão das células do corno anterior da medula espinhal é maior do que a resultante da falta de uso. Eles consideraram inevitável a atrofia e degeneração dos músculos esqueléticos desnervados e logo comprovaram que a massagem não previne a atrofia depois de um período de seis semanas, mas graças ao seu efeito inibidor sobre a formação de tecido fibroso permite aos músculos normalizarem-se com mais rapidez depois de restabelecer sua inervação.

Fibroses e Contraturas: A fibrose ocorre em músculos imobilizados, lesionados ou desnervados e pode provocar contraturas. O músculo encurta-se por falta de elasticidade do tecido fibroso e por formação de aderências entre as capas de tecido conjuntivo. É possível que a massagem, ao exercer tensão sobre o tecido fibroso, previna a formação de aderências e quebre pequenas aderências já formadas. Através de amassamento e fricção.

O QUE SE VISA ALCANÇAR ATRAVÉS DA MASSAGEM É MANTER OS MÚSCULOS NO MELHOR ESTADO DE NUTRIÇÃO, FLEXIBILIDADE E VITALIDADE PARA QUE DEPOIS DA RECUPERAÇÃO DO TRAUMA OU DOENÇA, O MÚSCULO POSSA FUNCIONAR NO SEU MÁXIMO.

JOELSON FACCHINI
Professor da ESCOLA FISIO VITAE, FLORIANÓPOLIS - SC
Endereço: R. Felipe Schmidt, 309 sala 801 – Centro
Florianópolis – SC
Tel.: (48) 3322-2297
Site: www.fisiovitae.com.br 
E-mail: joelsonfachini@gmail.com 

 

 
 
















 


(11) 2604-3070
2015 - Belezain - Todos os direitos reservados. Termo de responsabilidade.

Desenvolvido e Hospedado por Megainter